21 Agosto 2017

Anestesia geral

Na grande maioria dos casos mais de 95por cento os implantes dentários são realizados da mesma forma que quaisquer tratamentos dentários. Com anestesia local infiltrativa tradicional. Devido ao tecido ósseo não ser muito inervado é uma anestesia que se realiza com certa tranquilidade e não requer maiores cuidados. Entretanto alguns pacientes necessitam de cuidado especial , seja pela idade ,estado emocional ou mesmo saúde mais debilitada. Nesses casos a presença de um médico anestesista pode promover uma maior segurança e conforto aos pacientes.

- Para fazer um Implante dentário é preciso uma anestesia geral? Não. 99,5 por cento dos procedimentos são realizados com anestesia local ou então com sedação. Anestesia geral somente em casos de reconstrução extrema dos ossos maxilares onde são realizados enxertos ósseos de grande porte, removidos geralmente da crista ilíaca. Nesse caso o paciente esta em ambiente hospitalar e sob anestesia geral cuidado por uma equipe multidisciplinar composta por ortopedista, anestesista e implantodontistas sem contar instrumentadores e auxiliares.

- Como é feita a sedação?

Através e uma injeção intravenosa e controle com monitoração cardíaca, uso de oxímetro. O anestesista monitora o paciente ajustando de acordo com a necessidade a dose do sedativo.

- Que tipos de procedimentos podem ser feitos sob sedação?

Implantes, cirurgias de enxertos ósseos, extrações dentárias de maior complexidade, outras cirurgias de médio porte, atendimento em pacientes muito tensos que possuem fobia e pacientes com risco cardíaco também são beneficiados com essa modalidade anestésica.

- Quem pode passar por essa sedação?

A grande maioria das pessoas, pois além do dentista, o paciente estará acompanhado de um médico anestesista aumentando ainda mais a segurança do procedimento. Todavia é sempre fundamental uma boa anamnese para que se tenha em mente o que pode ou não ser empregado durante o tratamento.

- Quanto tempo leva para acabar com os efeitos da sedação?

Minutos após o procedimento o paciente vai se recuperando, e após uns 30 min já este apto a levantar da cadeira e ir para sua casa.

- Hipertensos pode tomar essa anestesia?

Sim podem e devem ser sedados, pois haverá um controle mais detalhado da condição cardíaca no momento da operação, se houver necessidade o médico poderá usar drogas para regular a pressão caso aconteça alguma alteração.

- Quais são os riscos?

Sedação é um procedimento para minimizar os riscos, se você esta inseguro, com medo, ou tem receio de algo, a sedação poderá ser o caminho. Mas como tudo, tem um valor, e será acrescido no seu plano de tratamento. Mas sem dúvida que é uma ótima opção para algumas pessoas.

Durante 24 anos venho operando com anestesia local a grande maioria de meus clientes, mas tenho que admitir que em alguns casos o uso da sedação me ajudou bastante, pois alguns pacientes simplesmente tem pânico de dentista e sedados tudo ocorreu sem ocorrências.