05 Junho 2017

PRÓTESE DENTÁRIA: QUANDO TROCAR?

Se você utiliza próteses dentárias totais (mais conhecidas como dentaduras), sabe que como é boa sensação de ter devolvida a liberdade de sorrir a vontade e a segurança de mastigar bem os alimentos. Além disso, quem recorreu às próteses dentárias, sabe como ninguém a importância de uma boa saúde bucal, pois “sentiu na pele” as consequências da falta de cuidados com os dentes, perdendo-os, muitas vezes esta perda dentária foi acompanhada por processos dolorosos.

Consciente da importância de uma boa saúde bucal, é indispensável que se saiba que nenhuma prótese tem um prazo de validade definido, e que por maiores que sejam os cuidados, chegará o momento de trocar sua prótese por uma nova, seja por estética, quando a aparência da prótese já não é mais a mesma, ou por motivos funcionais, ou seja, quando a mastigação com a prótese se torna deficiente. Mas afinal, quando devemos trocar a prótese dentária? É isso o que veremos agora!

Como dito anteriormente, não há um prazo exato de validade para uma prótese dentária, mas o que nós dentistas recomendamos é que não se prolongue o uso por mais de 4 anos, e que após este período seja feita a troca.

Este tempo de vida útil é o que consideramos o prazo ideal, porém, existem sinais de alerta que devem ser cuidadosamente observados, e que se caso ocorram, o dentista deve ser procurado imediatamente. Por isso, se você perceber sangramentos ou uma sensação de “folga” na prótese, como se ela estivesse solta na boca, procure o dentista imediatamente.

Agora que você já sabe quando deve trocar sua prótese, veja abaixo alguns estudos de caso de troca de prótese e acompanhe algumas transformações. Ainda falando em troca de próteses, é importante que você conheça as duas principais opções de materiais, acrílico ou porcelana, em nosso texto: “Prótese dentária: acrílico x Porcelana”.